12.7.15

mudanças

Aqui findo meus relatos... em tempos de hiper exposição tenho necessidade de reserva... continuo a me expressar em outras páginas e quem quiser segui-las, deixe um recado que passo o novo endereço... Foi bom, muito bom todo esse tempo... Um grande abraço a todos os seguidores. Nos vemos em outras páginas!!

8.10.13

Whenever I'm alone with you/ You make me feel like I am young again...

o show do Kiss foi minha primeira experiência com multidão pós pânico! e então... findo o medo, eis que The Cure anuncia sua vinda ao Brasil... UAU! e bem próximo ao meu aniversário... uhuuuu! come back 14'... conversando com meu amigo Véio... combinamos de comprar a pista premium, valeria muito a pena ficar bem perto do Simon Gallup (o responsável por eu preferir os baixistas aos guitarristas... rs - aliás, essa foi uma conversa paralela com a minha amiga Leila no show cover do Ozzy! hauhauhaua... neste caso, o guitarrista valia MUITO a pena... rs - e óia nós ai curtindo rock em pleno carnaval:)
CoverNow - Sesc Araraquara - Foto da Lilian Penteado
deixando a "groupice" de lado... recebo recado da minha amiga Regina, já companheira de outros shows (lembro da fila do gargarejo do Mano Chao... uhuuu! é bom alguém que entende a gente e sabe que a fila do gargarejo é o melhor lugar para quem tem um metro e meio... rs!)... Rê também ia de pista premium assim como outro amigo, Bruxo... fechou a turma! agora era esperar abrir a bilheteria virtual.... e, ingresso comprado... esperar pelo grande dia... (e apesar dos grandes shows trazerem grandes esperas, nem fiquei ansiosa... to "melhorada" meeeeesmo!!)

mais alguns amigos se juntaram em uma van e dia 6 de abril partimos rumo ao Anhembi (tendo The Cure como meu presente de aniversário de mim pra mim mesmo!!)... chegamos cedo... e com nossos ingressos em mãos... vamos lá!

Foto Serginho Martins - minha cara de "ainda não to acreditando..." e olha só o Bob cochichando no meu ouvido!!!

poutz, um aparte: banda de abertura é vergonha alheia sempre?! pelamor... 
bom, Lautmusik foi impecável... já conhecia, são amigos de uns amigos... som bom, presença de palco boa... entrou, tocou e pronto, simples assim... sabendo que estava ali abrindo para grandes... e, talvez... o grande ao lado do palco (Robert Smith estava lá assistindo a banda) deu um certo peso a apresentação... foram simples e eficientes, e embalaram a plateia! ponto para os gauchos... e caracas, poderíamos ter parado por aí, mas não... teve a Herod Layne... já falei que não gosto de criticar artistas, cada um tem sua expressão e tals, e muitas vezes é juízo de valor que move a crítica... mas peralá: o som não me agradou, ok?! questão de gosto, mas o guitarrista tirar uma chave de fenda do bolso e usar como slide?!?!?!? o cara se acha o Elmore James do undergroud paulista?!?! (aqui cabe uma troca de figurinhas com meu parceiro de palco, Marcio Rocha, que também achou absurdo... segundo ele, a transgressão seria legal com um isqueiro, tipo... improvisei com o que eu tinha no bolso!.. né?!?!?!)
a pergunta que não cala... diante de uma multidão, por que fazer meeeeeerda?!?!?! sorry pelo palavreado, mas os caras perdem a oportunidade.... aff...


acordes de The Cure... arrepios de emoção... eu não acreditava... fui me chegando... e fiquei ali colada no BOB... e... segue meu depoimento para o jornalista Matheus Vieira...

"Ainda estou sem palavras para falar sobre o show do The Cure. Primeiro, por esperar esse show desde 1986, quando os clips da banda abriam a pista de dança nas noites do clube 22 (isso marcou minha adolescência!) e depois pela grandiosidade do espetáculo. Valeu cada centavo pago pelo ingresso na pista premium (budzone), um pouco mais caro, porém nem parecia que eu estava com mais 30 mil pessoas ali. Naquela hora, bem de perto, eram apenas: eu, meus amigos e a banda! a voz impecável de Robert Smith e o baixo de Simon Gallup (que eu amo!) embalando 3h15 de show. E depois de algumas lágrimas, quase sem voz... posso afirmar que foi inesquecível!"
foto Serginho Martins
e graças a incrível câmera do Véio... tá tudo registrado... e guardado no coração!

28.9.13

Aventuras desvairadas na Paulicéia - Parte III

escrever e coçar é só começar...  (antes de reclamar que não tenho tempo e preciso escrever... nova ordem de mim pra mim: senta e escreve!!)... e estou devendo vários posts (a mim mesma!) e dentre eles, a parte final do show do Kiss... e também não falei do The Cure... enfim... como está tudo rascunhado, vou postar antes de falar do show do Bon Jovi, ok?!?!?

então... com vocês:
Aventuras desvairadas na Paulicéia - Parte III
ou this is the end...
ou André Matos e a vergonha alheia!!

a hora do show se aproxima, já não aguentava mais ficar sentada... ufa! quanta espera... uma batida na bateria, uma nota na guitarra e começa o show do Viper (banda de abertura)... imagino que seja incrível e ao mesmo tempo gerar uma mega ansiedade tocar para um público de 25 mil pessoas! e eis... André Matos MUITO poser a frente do palco... ok, os agudos do cara são muito phoda, mas precisa de tanto “bate cabelo” pra cantar?! meooooo santo jesus da chapinha! acuda!! a banda poderia até “me pegar”, mas acho que eles não entenderam que quem estava ali, estava para ver o Kiss... aliás, tenho certeza que muita gente lá nem sabia quem era Viper ou André Matos... que tentou ser simpático e contar a história do grupo, mas... não conseguiu: ainda em show de arrogância disse que a Viper nem existia mais, que aquela era uma reunião de amigos só pra comemorar o momento histórico (hã?!?!!?) da formação da banda, e que eles fariam apenas mais um show... e que seria a última oportunidade das pessoas ali verem um show real do Viper... como assim?!  heim?! famoso quem mesmo?! ah tá... sem comentários!... e quando você pensa que o cara tá perdendo uma grande oportunidade de calar a santa boca e parar de falar asneira para um público que NÃO É O DELE, a gota d’água:  o roadie chega ao ouvido do vocalista (talvez para avisar que o Kiss já estava a espera... talvez...), mas... sem nenhum controle do espetáculo, André dá um esculacho com o cara sem tirar o microfone da boca: show de arrogância!..  e assim, Viper toca a última música e deixa o palco ainda desconhecida para uns.... e ganhando a antipatia de outros!... cara, sem condições... foi bem ridículo!

em coro o público grita: kiss, kiss, kiss, kiss, kiss... e explosões e imagens da banda nos telões dão início ao espetáculo... eu estava de queixo caído e ... num determinado momento quando a voz de Paul Stanley falha o Pimentt”s diz: “tem gente que fala que eles não tem mais voz pra cantar...” e eu, ainda de boca aberta: “cantar pra quê?, eles voam”...
enfim, quem espera que eu vá descrever o show, sinto muito... não há como! é uma sucessão de efeitos que te deixa atônito e embasbacado a cada momento. não há espaço para respirar ou olhar para o lado: fogos, plataformas, leds... tudo é efeito!... o show é curto, pouco mais de uma hora... meu primeiro grande show... nem lembrei que poderia ter pânico de multidão ou coisa assim... paul voou acima da minha cabeça... gene babou sangue... tudo, tudo acontecia diante dos meus olhos e minha boca ainda aberta!.. ao final, meu aluno Fábio que estava lá também, me ligou e só gritava PQP, PQP, PQP... e essa é a sensação de ver Kiss... a banda mais apoteótica de todos os tempos...


e eu nem me lembrava mais do fiasco do Viper até entrar no metro... um grupo de jovens (beeem jovens) conversando.... a frase que me chamou a atenção foi:
Guri 1 - “nunca tinha ouvido falar do foo figthers. nossa, horrível!”
(paramos para prestar atenção!)
Garota: quem? Foo Figthers? Hã?
Guri 1 – Viiiiiiiiiiiiiper.... tá louca! Eu falei Vipeeeeeer. O Foo Fighter eu conheço e é bom!
Garota: Ah, tá... entendi Foo Figthers e achei estranho você lembrar deles agora... depois do Kiss... eu nem lembrava o nome da banda, achei horrível..
(o guri 2 segue nos comentários negativos a banda... e eu olho para o Pimentta e comento que eu não sou chata, realmente André Matos perdeu a chance de ser educado com um público que não era o dele... lição de como NÃO aproveitar uma oportunidade)

FIM

p.s. a leve crise de pânico foi retardada, apareceu depois... no meio da noite... e não sei dizer se pelo momento familiar ou se pela multidão... acho que o Pimentta é louco de me levar a um show! Ahuahuahuahuhauhauhau)

17.4.13

hiato! e semana de aniversário...


caramba, não terminei de contar as aventuras no show do Kiss e agora tenho The Cure para contar... mas fico pensando: "as pessoas ainda leem blogs?!?!?" eis a questão: hoje se produz muito conteúdo via redes sociais... mas adoro voltar ao meu blog e procurar posts antigos e relembrar momentos... para mim, ainda é o melhor aquivo de memórias... é... acabo de encontrar boas razões para escrever... sou saudosista #FATO

então... antes que meus agradecimentos de aniversário sejam engolidos pelos conteúdos da rede... vou copiá-lo aqui, para lembrar... uhuuuuu!


Semana de aniversário!

Comemorei muito, dancei muito anos 80 e fui muito mimada!
Agradeço (ainda em tempo) todas as mensagens carinhosas que recebi no face - foram mais de 200! wouw! na rede ninguém está sozinho. Obrigada também pelas mensagens via celular e telefonemas! Agradeço a todos os abraços de quem esteve fisicamente presente! E cada vibração de quem gostaria mas não pode, por suas razões, se fazer presente!

Obrigada pelos presentinhos - ganhei vários lindos, cheirosos e fofos! Pelos café, cervejas, almoços, esfirras e pizzas... 

Obrigada a quem compareceu a festa dos arianos no Arte&Bola (aos meus amigos e aos amigos dos amigos que nesta noite foram amigos meus também!) - "valeu cada comprimido de dorflex que tomei depois!" (rs... frase do Pimentta sobre minha falta de condicionamento físico para uma noite dançando!)

Obrigada, enfim, ao universo por ter conspirado e me dado um show do The Cure! 

Infinitas emoções e recordações!
beijos mil!

22.11.12

Aventuras desvairadas na Pauliceia – Parte II

ou...
...Eu no Anhembi
(caracas, esqueci o protetor solar… minha pele vai ficar uma caca! ficou mesmo!!)

enfim, chegamos à fila na porta do Anhembi... muita confusão, entrada mal organizada, não se sabia onde começava ou qual era o fim da fila... e o jeito é tentar se entender com a multidão! daí, você vai conversando com um e com outro, e sempre tem assunto... rs! “eu fui no Roger Waters , Paul McCartney vem aí, hei! tão furando a fila! sacanagem! Ôôôôô segurança!!”... enfim, assunto não falta! hauhauha! mas falta organização por parte da organização….

arquivo pessoal (hahauhuaa!)
a fila começa a andar, você aproveita para dar nota para as makes (a que eu fiz no Pimentt’s para a festa a fantasia continua sendo a melhor!!! e sem falsa modéstia! rs)… logo um cara filmando tudo, nosso amigo Bruca! os cidadãos da terra do sol tem um magnetismo que faz com que se encontrem mesmo no meio de 30 mil pessoas! ahahuahuahua! alguns figurinos anos 80... oh my god! cabelos savages!! desfiados e armados... como tem gente que consegue viver com esse visual nos dias de hoje?? e... caracas! botas de cowboy com calça legging?!?! acreditem, tinha de tudo por lá!... e então, o grosso do segurança gritando com a gente e deixando um grupo de uns 10 entrarem furando a fila... (e nós ficamos uma hora no sol! phodaaaaaaa!)... enfim, quero declarar aqui meu ódio por seguranças… os caras não são nada, daí dá um megafone na mão do cidadão e sua grosseria salta aos ouvidos das pessoas de bem, que pagaram CARO pelos seus ingressos! meu... é sério, a síndrome do pequeno poder  me irrita e a desorganização na entrada do Anhembi também... falta gente qualificada para o trabalho e qualidade no atendimento... Brasil, você está atrasado anos luz no quesito grandes shows... em outros países o ingresso é muito mais barato e a infraestrutura muito melhor, logo... enquanto pagarmos caro e não cobrarmos qualidade... haverão seguranças grossos gritando em megafones no nosso ouvido e péssimas condições de atendimento ao público (vou assistir Bon Jovi no Parque da Bela Vista, em Lisboa! BECAUSE WE CAN!... mentalizando, mentalizando, mentalizando!!!)

e você deve estar se perguntando, "poutz, também pra quê ficar na fila? chegando vinte minutos depois ela não existiria e ficaríamos no mesmo lugar no meio do público!" e eu respondo que ficamos na fila pelo lúdico, ora... senão, o que eu escreveria aqui!? rs... portão de entrada... aí sim, ufa...  fui bem tratada... finalmente alguém entende que ninguém vai a um show desses para tumultuar, revista sussa e conferência de ingresso com sorriso e "tenha um bom show e muito obrigada"! finalmente, deixando a calçada... vida inteligente! as instalações do Anhembi estavam ótimas, e pudemos nos divertir um pouco antes que as pessoas se aglomerassem próximo ao palco.

circulando: stand da sky e fila (pequena, please) para tirar foto com sósia de Gene Simmons e uma montagem de um stage diving (vulgarmente conhecido como mosh, que na verdade é a roda punk): o povo pulava num colchão de ar... muito divertido ver o povo pulando... e na fila, conhecemos a figura mais figura de todos os tempos: Gustavo, um mineiro de uma cidadezinha perto de Varginha e que não existe no mapa (segundo ele mesmo)!! ele usava um sombreiro .. hauhauhau! super heavy metal! hauhauha... e com seu sotaque quase nos matou de  rir!.. bom, preciso ressaltar minha carinha de "nojinho" dizendo não para a foto com o Gene... achei o cara muuuuuuuito insuportável e não resisti ao desprezo (meu, please... nunca queira ser mais estrela que eu! kkkkk... você vai conhecer o meu maior talento!!! hahauhauhuaha). Pimentt's foi para o mergulho... eu não me atrevi... depois de quebrar um dente e um dedo no aconchego do meu lar, não poderia arriscar quebrar mais nada! pular em um colchão me pareceu muitíssimo arriscado! hauhauhauhaua!

(extra, extra, parágrado inserido na última hora! Pimentt's me diz que o sócia do Gene é um cara que já foi no programa da Eliana/SBT, no quadro de namoro, vestido de Gene?!?!?! tá certo... é uma questão de feeling! sinto o cheiro de prostitutos da arte de longe!!!!)

depois disso, foi babar na banca oficial onde o Pimentta comprou essa camiseta perfeita que brilha em azul... paguei pau para os produtinhos... mas, não é meu estilo usar camiseta, então... não comprei nada! mais fotos, desta vez no painel oficial.. e rola adolescente fazendo biquinho pro facebook, aff... e camaradagem de um tirar foto para o outro... olha a nossa aí:


bom... muita gente chegava e começou a movimentação para próximo ao palco. pegamos um lugar ótimo, a uns 30 metros do palco e ao lado da torre onde mais tarde Paul Stanley escorregaria na tirolesa. sentamos e esperamos, esperamos, esperamos... ai, ai... esperamos mais... e daí apareceram uns caras de Areiópolis que fizeram o tempo passar com muitas gargalhadas!... (Pimentta vou omitir minha neurose de atravessar o povo pra jogar meu copo no lixo, ops... contei! afff!)

e finalmente... 20h30... show de abertura: VIPER... que vai ficar pra amanhã... hehehehehehe! to pensando em como dizer tudo que passa pela minha cabeça sem ser ofensiva!!! 

continua...

21.11.12

Aventuras desvairadas na Paulicéia - Parte I



Ou: Wanna rock’n’roll all night and party everyday"

#parti com destino a São Paulo na madrugada do sábado para encontrar o Pimentt’s para o show do KISS... cabe explicar aqui que ele é o grande fã da banda... eu fui no vácuo. Claro que em vários momentos da minha vida as músicas do Kiss estiveram presentes. Quem na adolescência 70' 80’ e 90’ não chorou ouvindo “Forever”? Ou gritou em plenos pulmões o refrão de “I love it loud”? ouviu falar dos satanistas que pisam em pintinhos vivos nos shows? quem nunca quis fazer uma maquiagem da banda? ou esticou a língua pra ver se chegava no tamanho da língua do Gene Simmons? se respondeu sim a pelo menos uma dessas perguntas, você é candidato a plateia do KISS! rs

foto: http://diversao.terra.com.br/
bom, tirando o comum a quase todo mundo que gosta de rock, descobri que eu gostava bastante de Kiss, quando em um evento no meu (ex)espaço cultural uma banda de amigos fez um cover do Kiss... a história começou com o Igor pedindo para eu fazer as makes para a banda... uhuuuu! as imagens icônicas do kiss estavam mais gravadas em minha mente do que eu imaginava!.. Igor (baixo e vocal) foi de Paul Stanley... nem precisei olhar a capa do disco para saber como fazer!.. e durante a apresentação da banda, enquanto eu trabalhava cantei todas as músicas... hum! não tem como, Kiss é histórico, apoteótico... depois vieram os shows da Destroyer... ah! preciso relembrar um post memorável do show da Destroyer com Pimentt's embriagado! poxa... quando comecei a ler percebi que Kiss original ou cover é muito DIVERTIDO!! segue o link: http://zandali.blogspot.com.br/2008/12/rock-and-roll-all-nite.html

assim, quando Pimentt’s me convidou, eu sabia que esse era O SHOW e valia muito a pena ver de perto... desafiando o medo de multidões em prol da diversão e do deleite de boa música... lá fui eu!.. e como Pimentt’s e algumas outras pessoas estão ansiosas por minha narrativa do evento, cabe a ele um capítulo especial...  (a seguir cenas dos próximos capítulos: eu no Anhembi!)
não caberia neste post já extenso minhas impressões da organização do evento (e meu ódio por seguranças) nem as figuras que encontramos pelo caminho... e muito menos os milhares de pontinhos de LED da bateria (esse nem coube na transmissão do Terra), enfim... muito ainda do que falar e em detalhes!

pulando o momento show, vergonha alheia do Viper e etc e para terminar o sábado antes de narrar o grande momento... só pensando no quão pequeno é o mundo... morrendo de fome vamos para a Augusta, encontro o Bruno Alves (ex The Name, agora Club America) comendo pizza... caramba, mundo pequeno!.. saudades desse menino!.. ainda não sabia que a música Star Again tinha sido escolhida para a campanha mundial do Windows 8... então, meus parabéns virtuais para o baterista mais fofo do mundo e ao Andy! amo vocês, irmãos Alves!! (aguardando Andy e Fabi para uma visita a terra do sol!!)

bem, para conhecer o som desses meus amigos, que já foi trilha de uma apresentação teatral minha (uhuuuuu! que chic!) curte aqui... 

continua...
a seguir: eu no Anhembi!

20.11.12

Aventuras desvairadas na Paulicéia - Prelúdio



700,00 reais mais pobre e infinitamente mais feliz, retorno ao meu aconchego... juro que foi muito difícil voltar de sampa dessa vez!..
mas o que houve de tão especial? além de um lindo céu azul... alguns momentos ímpares!..
como disse a Menina Enciclopédia: não escrevo no blog por falta de tempo e sem tempo vamos perdendo a prática... na verdade descobri que a falta de tempo vai tingindo de cinza os detalhes, desta vez coloridos pelos moving ligths do kiss, pinceladas de Van Gogh Manet Renoir e pelo sol de primavera!.. bom momento para voltar aqui, inspirada e cheia de coisas a contar...
e essa sou eu... sempre intensa! subjetiva, eclética... rs... vamos lá? vem comigo? e...

Não se assuste pessoa
Se eu lhe disser que a vida é boa
Enquanto eles se batem
Dê um rolê e você vai ouvir...
(...)
E só tô beijando o rosto de quem dá valor
Pra quem vale mais o gosto do que cem mil réis
” (Dê um rolê – Moraes Moreira e Luiz Galvão)


16.11.12

perigosamente "mexida"

dia de muitas emoções estranhas... por fim, foi bom ficar em casa, ouvir meus discos preferidos... e pensar!... lembranças registradas em notas tortas!...

e uma frase do livro a cabeceira: "segredos são como flores enterrados sob a neve: elas acabam se levantando e vendo a luz." (dacre stoker)


e geralmente trazem consigo, emergindo, efeitos devastadores!

10.11.12

ares de primavera

"Quando era jovem, apaixonava-se todas as semanas, em geral às terças-feiras, e desapaixonava-se às sextas, pois era um gato preguiçoso e tirava o sábado, o domingo e a segunda para descansar. Despedaçara inúmeros corações de gatas de todas as cores, de uma coelha cinzenta e de uma raposa adolescente. Mas isso fazia tanto tempo que ele nem mais se recordava dos nomes e das situações. Vivia no seu canto (...), tranquilo, preguiçando ao sol, gozando a doce carícia da brisa, o frescor das noites de verão, o frio gostoso do inverno. Agora vinha a primavera perturbar a sua paz." (Jorge Amado, O gato malhado e a andorinha sinhá)
e numa tarde de sol saio eu em um fazer normal, te encontro ao olhar ainda longe e já de cara vejo que fui com a tua... e o olhar cruza mas a vida segue paralela... e a vontade de você é tanta que te vejo ainda sem consegir te tocar!.. você se aproxima, cauteloso... passo a passo... mas o tempo brinca com a gente e o vento te leva... mas juro que vou te buscar!

6.11.12

daí você acha que terá um dia tranquilo, onde conseguirá fazer tudo com calma.. abre o e-mail e descobre que seu trabalho está atrasado, abre a agenda e marcou dois compromissos ao mesmo tempo, o telefone toca e o compromisso que você não tinha... agota tem!

ufa! como lidar com esse mundo acelerado?!?!? pára que eu quero descer!
outro dia um amigo fazendo pesquisa para um novo espetáculo me perguntou qual era meu sonho e respondi: "uma rede, uma sombra e água de coco!"... muito sério, gostaria de viver em um tempo no olho do furacão... só calmaria, mesmo que as coisas a minha volta girem no tempo delas, queria conseguir ter o meu tempo!.. mas, eterno aprendizado: dizer não e respeitar meu ritmo!..

bem, e nesse momento desabafo o tempo acaba... tenho que pagar contas e fazer uma reunião... pelo menos farei tudo isso pelo computador... eliminando deslocamentos com a tecnologia! um beijo, um click e fui!

4.11.12

"Desde criança fui possuído pelo demônio das viagens. Essa encantada curiosidade de conhecer terras alheias e povos visitou-me repetidamente a mocidade e a idade madura.
(...) na minha opinião, existem duas categorias principais de viajantes: os que viajam para fugir e os que viajam para buscar. Considero-me membro desse último grupo."
(Érico Veríssimo, in Solo de Clarineta

essa foto foi tirada no fim de 2010, quando numa de minhas idas a são paulo, eu e o escudeiro pimentta fomos até a exposição Fernando Pessoa no Museu da Língua Portuguesa (foto abaixo).
contudo, não foi da exposição que me lembrei agora, foi do parque da luz... saindo do museu fomos ao parque da luz, remodelado, restaurado e com um lindo lago de carpas. Pimentta não sabia da reforma... e brincou que eu tinha que ir a sampa para mostrar a cidade a ele... gosto desse olhar curioso de sempre (re)descobrir... faço isso também pela minha cidade, descobrindo roteiros para apresentar às pessoas (este é um dos meus atuais trabalhos)... lugares, pessoas, olhares sempre me atraem... me movem... e estas memórias... a(s)cendem... enquanto continuo a remexer nos arquivos e (re)organizar meu espaço... 2012... acho que ficou na minha vida tudo o que é meu!

3.11.12

lá e de volta outra vez...

pois é... às vezes penso em desistir do blog, mas de repente bate uma saudade... hoje, por exemplo... há dias estava entrando aqui e pensava em escrever mas depois desistia... daí chegaram os móveis novos do meu quarto (estou redecorando a parte do "escritório") e então começo a mexer na papelada para ver o que fica e o que vai, organizar documentos, tirar o pó dos livros e então... tanta coisa muda com o tempo... comecei 2011 em crise de desespero, nada dava certo, conta no vermelho, sem perspectivas... e termino 2012 cheia de sonhos, projetos, trabalhando muito... e tentando organizar a agenda para dedicar mais tempo aos amigos... 

como eu disse, 2012 era um ano de INVESTIMENTO! investi quase todo o meu tempo no trabalho, estudo e construir uma autonomia profissional... relaxei e muita coisa boa aconteceu... e enfim... tudo que fui desejando e sonhando foi se concretizando!... uhuuuu... ainda resta muito a fazer... mas agora dá pra ir com calma, aproveitando cada momento... sentindo a brisa... e aproveitando os dois meses que ainda tenho neste ano de construção... 

ainda tenho muito pra contar... nesse projeto de mim pra mim eu vi muita coisa, vivi muita coisa... enfim, também foi um tempo de descobertas... mas, vamos ver se aos poucos eu volto aqui e conto tudo...
um beijo, um queijo e vamos que vamos!


20.8.12

...E de vez enquando, apareço por aqui para contar nessas linhas digitais aquilo que talvez eu não queira dizer pra ninguém e para todo mundo ao mesmo tempo. Reflexões sobre esse mundo cyber.... Que loucura! De repente você pensa em alguém do seu passado e na mesma hora, tem ao toque de um click informações sobre a vida dele/a.... Um problema para alguém saudosista como eu!.... Como dizia Renato Russo... "essa saudade que eu sinto de tudo o que e ainda não vi..." - isso consome parte dos meus pensamentos...
E refletindo com meus pequenos alunos sobre escolha.... 
Junto tudo na panela, misturo e... Se talvez tivesse feito biologia ao invés de letras? E se tivesse cursado química quando passei no vestibular?... E pior, se na oitava serie tivesse levado a serio aquele garoto... ??? E se não tivesse levado a serio o garoto do terceiro colegial?.... E a vida segue com tantos "e se..." maldito livro da Branca de Neve que me permitiu pensar como seria a vida da princesa casada com o caçador ao invés do príncipe.... Oh, literatura, não me atire possibilidades na cara, isso me confunde! Rs.....
É... Tenho falado muito sobre meus tempos passados... Sei lá, talvez pelos amigos que eu tenho reencontrado, talvez pq tem uma crise de idade chegando (hum, isso pode ser determinante.... Rs) ou porque aquele cara lindo da escola continua sendo um cara lindo!.... Rs.... Ou porque eu continuo sendo insegura e tímida?!?!?! Ui, difícil de assumir isso, rs... rs.... rs
Acho que é o excesso de literatura feminina.... De qualquer forma, é bom!...

6.2.12

fazendo arte!

bom, há tempos eu estava devendo um desenho meu... vivo falando dos lápis e das aulas, mas escondo as criações, heheheheh! então vamos lá... tirando as criações do baú!!!
este desenho foi um exercício de efeitos com os lápis... para pintar o sol usei 8 cores de lápis mais a caneta gel dourada! ufa!!

4.1.12

Diego Rivera


há tempos não escrevia sobre arte aqui... e até estou devendo meus croquis de moda para o Paulo Muzio... então, porque não escrever sobre minhas experiências na sala de aulas do curso de moda? muito bem, a tarefa era criar um painel de público alvo e um painel de inspiração. público alvo, ok... painel de inspiração é o que pega, rs... parece que tudo me inspira! rs... sou subjetiva e tenho dificuldades com a objetividade!
depois de percorrer com os olhos algumas revistas e ter dois dedos de prosa com minhas mentoras, decidi trabalhar o México como tema, num primeiro momento fiquei encantada com as cores vibrantes e algumas linhas nas fachadas e telhados da Cidade do México... obviamente, não dá pra falar das cores do México sem cair na vibrante Casa Azul, o Museu Frida Kahlo. 

http://www.museofridakahlo.org.mx/
a combinação de azul e verde me chamou muito a atenção... fui fazer uma visita virtual ao Museu... sabia que Frida Kahlo não seria o tema... definitivamente... então me deparei com Diego Rivera... o marido de Frida, um dos fundadores do movimento muralista mexicano... uhuuhu! volto às fachadas e ainda estou nas cores! os murais do Diego são lindos, em alguns momentos com uma pitada surreal... e foram os mosiacos de Diego que inspiraram as primeiras peças.

mural em mosaico/ Acapulco
o mural acima feito em mosaico veneziano faz parte de uma série de 5 murais (4 deles retratando lendas aztecas) , encontra-se na Casa dos Ventos (propriedade da família de Dolores Olmedo) e narra a história  do mítico jaguar Ipelpucul que enfrentou a serpente emplumada Quetzarcoatl, descida dos céus.

2.1.12

day-by-day (com cara de fim de ano!)


e uma pilha de livros está - finalmente - diminuindo na cabeceira da minha cama...
olhando o lado bom da coisa, o ano foi corrido, mas sempre sobrou um tempinho - de estrada em estrada - para ir terminando as leituras que deixei de lado por causa das leituras específicas do trabalho ou do curso de moda... com o fim do ano, são 13 livros... alguns eu já comecei... outros ainda estão por começar... e tento resistir a não comprar mais livros... rs! é que sempre empolgo com a novidade e deixo pra lá as leituras enfadonhas! rs... e essa história de não comprar livros antes de terminar minha pilha deu certo!! consegui atingir a meta dos 50 livros em 2011! eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeba!! mais uma missão (promessa de ano novo) cumprida!
entre os planos em andamento, há também o de decoração do meu quarto, dividindo-o em escritório e quarto - ele é bem grande e com uma certa matemática, dá para ajustar cada coisa em seu lugar!.. bom, está caminhando e o plano era começar 2012 de quarto novo!.. e escritório a todo o vapor!... mas, ainda espero o orçamento da estante divisória, ai, ai.... minha parte está feita, agora só dependo de terceiros.
para 2012,  os planos são de viagem: Europa, Argentina... quem sabe México ou Matchu Pichu? bom, de tudo que me propus a fazer como resolução de 2011, só faltou viajar e tirar a carteira de habilitação - é... todo ano eu tento me convencer a dirigir, mas nunca consigo... rs!
e já que o assunto é sobre como meu ano passou... o coração ficou oscilando entre dois amores impossíveis... rs... é, por falta de um... rs, rs, rs... sei lá... acho que o foco foi resolver os problemas e reconquistar meu trabalho... lembrando que comecei o ano em crise, absolutamente sem rumo... e tudo entrou no eixo!... aleluia!!!! não era sem tempo!!!!
então, para 2012 devo voltar a cuidar do meu lado pessoal... reatar alguns vínculos que ficaram perdidos no caminho... e quem sabe, tornar minhas paixões menos platônicas... e como reatar os vínculos perdidos? começemos pelo blog...

23.12.11

inventando moda

pois eh, voltar a estudar é um barato, mas... puxa vida, precisa de tempo e dedicação! primeiro: aprender a desenhar...
depois a modelar, cortar e costurar... ai, ai...
nem dá pra acreditar que um ano inteiro já se foi! e sim, claro... ainda estou devendo os croquis para mostrar como eu uso os lápis que comprei no início do ano.... rs
por enquanto, uma pequena arte:
essa é a mesa de trabalho do seminário em grupo (eu, Nicholas, Jess e Tea) sobre os anos 70... além de levantar informações (não só sobre moda) do período, criamos 4 modelitos para ilustrar as características da época! foi muito legal costurar para as nossas manequins... pena que elas não ajudavam muito nos movimentos e algumas mangas tiveram que ser costuradas nas próprias modelos! rs.... e no fim... ficaram assim:


9.11.11

17º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Vídeo Brasil

bem, quando falei do meu bate e volta a São Paulo para ver o Thèatrê du Soleil, esqueci de mencionar que as rapidinhas em sampa sempre são recheadas de outras tantas coisas... rs!  encontrar pessoas e obras de arte... a Paulista estava decorada por rinocerontes (lembram-se da Cow Parede??) e no Sesc Belenzinho acontecia a exposição Panoramas do Sul - 17º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Vídeo Brasil.

algumas obras realmente me impressionaram... e acreditem... sem ser ufanista, entre as minhas preferidas estão duas obras BRASILEIRAS!... ambas de Minhas Gerais!

Cinthia Marcelle
, 2010, CRUZADA. Vídeo 8'36". Uma banda de música evolui por um cruzamento. Recorrendo a experiência da performance, da pintura, da vídeoarte e das artes sonoras, a obra explora a dinâmica entre repetição e variação para suscitar questionamentos sobre embates socioculturais.

Pablo Lobato, 2010, BRONZE REVIRADO. Videoinstalação, um canal. A obra resgistra, desde os bastidores, a execução de um toque de sino festivo em uma igreja de São João Del Rey, Minas Gerais. Gestos anônimos, organizados como em uma tensa coreografia, concorrem para criar uma identidade coletiva e imaterial.

destaque para a sensibilidade do libanês Akran Zaatari e a obra Tomorrow Ereything Will Be Alrigth, 2010. Vídeo, 12'. Sinopse: ao longo de uma intensa troca de ideias no decorrer de uma noite, uma história de amor, perda e saudade se desenrola. O trabalho é uma espécie de homenagem ao cineasta francês Éric Rohmer a à sua atenção ao detalhe do cotiano humano.
vale ressaltar que essa "troca de ideias" é como se fosse um bate-papo virtual, só que feita a máquina de escrever. um efeito bastante interessante.

a exposição Panoramas do Sul - 17º Festival Internacional de Arte Contemporânea Sesc_Vídeo Brasil pode ser vista até o dia 11 de dezembro. eu recomendo!


p.s post dedicado ao fiel escudeiro Pimentta que estava comigo conferindo a exposição e encontrou o vídeo da Cinthia Marcelle na net... yuhuu! thanx, Pimentinha!!

7.11.11

(dez)encontros

 I
ele  - o que você está olhando?
ela respira fundo - eu não devia ter vindo...
ele - bom, não foi isso que eu perguntei...
ela - escuta, isso tudo já está muito bem resolvido aqui dentro, ok?! e já faz tempo! gosto de você como um irmão...
ele - você olha assim para o seu irmão?
ela - não! não há nada nele que me atrai e...
ele - e?
ela levanta subtamente, pega a bolsa - definitivamente, eu não devia ter vindo - bate a porta atrás de si... na rua, a chuva fina lava seus pensamentos delicadamente sem deixar escorrer a fantasia que tinha vestido para essa noite: eles conversariam, muito... relembrariam as noites de festa, as noites em claro, a noite na rede... então ele chegaria bem perto dela, arrumaria gentilmente uma mecha de cabelo atrás da orelha dela, olharia no fundo dos olhos dela e a beijaria...
ele sozinho, pega o violão e dedilha a canção que fez para ela... quem sabe um dia ele criaria coragem e... tocaria a canção para ela que ouviria com um irresistível sorriso nos lábios, os braços cruzados sobre as pernas cruzadas, um pedaço do colo a mostra e... ele a abraçaria forte, e nunca mais a deixaria ir...

6.11.11

blogar ou não blogar, eis a questão?!

olha lá... eu voltando ao blog... acredite, depois do último post entrei em crise sobre a função atual dos blogs... parece que de repente mudei minha percepção da rede, fiquei insegura quanto a super exposição nestas linhas virtuais... ah... crise mesmo! rs... tá certo, nunca tive problemas com o blog... a não ser dois pequenos incidentes que foram causados por pessoas sem noção que estavam dispostas a me causar problemas por outro meio também, o blog só facilitou... tá certo também que conheci muita gente legal por meio do blog... mas fico me perguntando: com tantas redes sociais e microblogs e etc... qual a função de um blog?! as pessoas ainda se interessam por bisbilhotar a vida alheia nesses diários virtuais?!?! ou o blog se tornou só um copia e cola sobre um tema? bom, longe dele vai ser impossível encontrar respostas... portanto, volto a postar! e peço a você, que ainda acompanha minhas linhas virtuais que deixe sua opinião, ok?!